Disciplinas

Para fazer a integração entre as diferentes perspectivas da inovação, as disciplinas serão trabalhadas via laboratórios de inovação, que é uma abordagem pedagógica de ensino-aprendizagem pela resolução de problemas. A ideia é realizar projetos em equipes formadas por componentes com conhecimentos teóricos e práticos complementares.

Espera-se que essa prática permita ganhar uma compreensão empírica dos fatores que afetam o processo de inovação e a maneira como essas interações podem moldar o resultado do processo, assim como para fazer que as trocas interdisciplinares que caracterizam a proposta se efetivem. Sendo assim, os discentes devem estar dispostos a cursar as disciplinas de ambas as linhas de pesquisa.

Como requisito parcial para a conclusão do curso, o discente deverá cursar cinco disciplinas, sendo três obrigatórias (verde) e duas optativas (amarela e azul).

Gestão da Tecnologia e da Inovação

  • Estratégias de Gestão da Inovação
    A finalidade da disciplina é analisar a partir das pesquisas e práticas emergentes as dinâmicas das interações entre padrões de mudança tecnológica e a sua interseção com as estratégias organizacionais que irão resultar em inovação.
  • Gestão da Tecnologia
    O objetivo desta disciplina é estudar os elementos críticos para se inovar ao longo da fronteira tecnológica. Para isso, os gestores tecnológicos precisam ter uma visão panorâmica de toda a paisagem tecnológica e suas principais tendências evolutivas e como elas se convergem com o portfólio de produtos/serviços/processos.
  • Direito da Inovação
    O objetivo da disciplina é analisar os princípios da transferência de tecnologia, ou seja, avaliar as possibilidades de licenciamento de direitos de propriedade intelectual. Uma implicação importante desse processo é a questão da comunicação entre empresa e academia ou entre empresas.
  • Finanças da Inovação
    O propósito da disciplina é fornecer o instrumental necessário para se compreender a relação entre a evolução dos mercados financeiros e desempenho econômico. Assim, espera-se ganhar compreensão sobre as fontes de recursos financeiros e suas implicações sobre a dinâmica de inovação.
  • Marketing Tecnológico
    O objetivo da disciplina é fornecer uma visão detalhada das estratégias de marketing utilizadas nos processos de criação e comercialização de produtos e serviços em mercados tecnológicos.

Design da Tecnologia e da Engenharia

  • Fundamentos da Engenharia de Sistemas
    O objetivo da disciplina é analisar os componentes de integração entre as diversas especialidades necessárias para a consecução do projeto e desenvolvimento de sistemas de engenharia complexos.
  • Teoria e Prática do Design
    A disciplina oferece uma base para se compreender as raízes disciplinares, bem como os diálogos interdisciplinares, na pesquisa em design, proporcionando fontes teóricas, empíricas e metodológicas para a prática do design. Em outras palavras, essa disciplina procura pensar a funcionalidade e a forma de um produto.
  • Métodos Analíticos para Designers
    O objetivo desta disciplina é estudar como as propriedades de sistemas e subsistemas podem ser previstas, descritas, avaliadas e otimizadas no design de interface de forma eficiente e sistemática.
  • Engenharia Cognitiva
    O propósito da disciplina é fornecer as bases necessárias para se entender a integração das capacidades e limitações cognitivas humanas em sistemas sóciotécnicos.
  • Design Interativo
    O objetivo desta disciplina é aplicar os métodos e ferramentas que permitem representar o comportamento de um processo ou um produto em seu ambiente real.

Síntese Gestão da Tecnologia e da Inovação e Design da Tecnologia e da Engenharia

  • Design de Negócios
    O objetivo da disciplina é identificar os principais fatores no processo de desenvolvimento de produtos e serviços, de forma atrelada ao design de negócios, com o propósito de redefinir ou criar novos mercados.

Grade Curricular