Turma 2016 - Dissertações

Dissertações defendindas em 2017

UM MÉTODO PARA CATALISAR A INOVAÇÃO

Amanda Ferri Curti

Orientador: Anderson Orzari Ribeiro
Co-orientador: Luciana Pereira

Inovações tecnológicas no setor da saúde são observadas em novos produtos, serviços e processos utilizados para diagnosticar, monitorar, prevenir e indicar o tratamento mais adequado aos pacientes. Neste setor, a vasta gama de doenças conhecidas representa um enorme desafio para a elaboração de novos diagnósticos e tratamentos, ainda mais quando se considera redução dos custos e o prolongamento da vida ativa dos cidadãos. O presente estudo, cuja amostra é uma empresa de medicina diagnóstica reconhecida por suas práticas de gestão de inovação, pretende analisar o processo de implantação de inovações da empresa e questiona como uma ferramenta de engenharia pode ser complementar a gestão de inovação, apoiando a integração necessária entre as diversas unidades de negócio envolvidas no lançamento de uma inovação. Para responder a essa pergunta, faz-se uso de uma abordagem de engenharia de sistemas, mais especificamente, a aplicação do método de engenharia de sistemas no modelo de ciclo de vida do sistema. Os resultados demonstraram que a ferramenta traz uma visão instrutiva do processo de design e desenvolvimento de um conceito inovador de serviço, produto ou processo, podendo ser complementar à gestão de inovação. Sugere-se que a metodologia aplicada possa ser projetada para outras empresas, e também ser utilizada para desenvolvimento de um software de suporte à gestão de inovação.

Palavras-chave: inovação em saúde; organização ambidestra; design e desenvolvimento de inovação; engenharia de sistemas


METODOLOGIA PARA DEFINIÇÃO AUTÔNOMA DE CAMINHOS PARA ROBÔS MÓVEIS SOBRE DIAGRAMA DE VORONÓI PARA CIRCUNFERÊNCIAS

Cedéia Vieira de Araújo

Orientador: Rovilson Mafalda
Co-orientador: Rômulo Gonçalves Lins

Nas últimas décadas, o problema da navegação autônoma tem sido o principal foco da robótica móvel. Este problema consiste em gerar trajetórias para guiar o deslocamento do robô num determinado ambiente a partir de informações provenientes de sistemas de sensores externos e/ou de informações constantes no mapa do ambiente. A partir destes dados, o robô pode saber sua localização e movimentar-se para quaisquer pontos do ambiente de trabalho de maneira segura, evitando colisões e regiões onde não há espaço suficiente para sua travessia. O planejamento de trajetórias é parte fundamental para o deslocamento de robôs móveis. A elaboração de um plano para movimentação autônoma é uma tarefa complexa. O planejamento de caminhos está relacionado ao planejamento geométrico da movimentação do robô no ambiente. Já o planejamento de trajetória é responsável por baseado no planejamento de caminhos, atuar sobre a movimentação dinâmica do robô [1]. A forma como o ambiente é mapeado no sistema é determinante na sua precisão e desempenho. Dentro deste contexto, neste trabalho é proposto um método para planejamento de caminhos para robôs móveis, considerando um ambiente interno, estruturado e estático, onde o ambiente e os obstáculos, entre os quais estes se movem, estão modelados como um Diagrama de Voronói para Circunferências. Algoritmos com a finalidade de encontrar o caminho de menor distância entre os caminhos disponíveis no mapa do ambiente discretizado de acordo com a modelagem acima são estudados e avaliados. Esta pesquisa também envolve estudos sobre problemas de tangências entre circunferências, estudos sobre a representação matemática do Diagrama de Voronoi e estudos sobre otimização de caminhos sobre estes Diagramas.

Palavras-chave: Robôs móveis; planejamento de caminho; diagrama de Voronói para circunferências


SERIOUS GAMES COM SIMULADOR DE GESTÃO DE PROJETOS DE INOVAÇÃO

Danilo Sartorelli Barnato

Orientador: Alexandre Santaella Braga
Co-orientador: Karla Vittori

O ensino de gestão de projetos de inovação é tradicionalmente feito através da exposição de grande base de conhecimentos abstratos aos alunos, o que dificulta a compreensão dos mesmos sobre a aplicação destes conceitos em situações práticas. Apesar das tecnologias da informação e comunicação (TICs) tornarem-se ferramenta de suporte ao treinamento e educação, com uso de simulações e gamicações, poucas são as aplicações que possuem foco em inovação e ainda menos as que consideram elementos de game design em seu planejamento e desenvolvimento, de forma a potencializar o engajamento dos alunos e resultados do ensino. Dentro deste contexto, esta pesquisa propõe um framework de serious game para a simulação da gestão de produtos com conceitos de gestão da inovação. Este framework foi desenvolvido com um alto nível de abstração e no estilo Tycoon para permitir a uso dos conceitos de gestão da inovação de forma simplificada atraves de simulador de gestão de produtos. O objetivo foi correlacionar as caractersticas de gestãoo de inovação e suas mensurações que podem ser exploradas em simuladores, utilizando tecnicas de game design. Posteriormente, foi desenvolvido um prototipo dessa aplicac~ao. Deseja-se que o framework proposto e o prototipo desenvolvido sejam utilizados como ferramenta de suporte a aprendizagem de conceitos ensinados por professor em sala de aula, permitindo a experimentação e o maior engajamento dos jogadores/estudantes com relação a este tema.

Palavras-chave: Inovação; serious games; gamificação; gerenciamento; simulador


UTILIZAÇÃO DA TEORIA DE OPÇÕES REAIS NA GESTÃO DE INVESTIMENTOS NA INDÚSTRIA 4.0: UMA APLICAÇÃO NA FABRICAÇÃO DE ROLAMENTOS DE GRANDE PORTE

Felipe Heidrich

Orientador: Julio Francisco Blumeti Facó
Co-orientador: Alexandrea Acácio de Andrade

Dá-se o nome de Indústria 4.0 para a iniciativa alemã para o conjunto de inovações tecnológicas que propulsionaram o cenário mundial para a quarta revolução industrial, na qual o setor da Indústria de Máquinas e Equipamentos está diretamente inserido. Embora já exista uma ideia das inovações tecnológicas capazes de revolucionar esta Era, ainda não se sabe o impacto dessas transformações no setor industrial, principalmente no de máquinas e equipamentos. Outro ponto a ser dimensionado é a avaliação dos investimentos realizados em projetos de novas tecnologias, preferencialmente de forma flexível. Assim, esta dissertação examina tanto o cenário da Indústria 4.0 e seu impacto transformador no segmento industrial de Máquinas e Equipamentos, quanto aplica a Teoria das Opções Reais como ferramenta de análise de investimentos em projetos no contexto da Era digital, em um caso real de fabricação de rolamentos de grande porte. Conclui-se que a quarta revolução industrial terá grande impacto sobre o setor de máquinas e equipamentos no que diz respeito à aplicação de seus conceitos de fabricação inteligente e internet das coisas, entre outros. Para que a empresa possa se adequar e otimizar os recursos investidos, a metodologia utilizada das opções reais se mostrou eficiente na mitigação de riscos e flexibilização gerencial na tomada de decisão no estudo de caso apresentado.

Palavras-chave: Indústria 4.0; Teoria de Opções Reais; Competitividade; Investimento em Projetos de Inovação; Indústria de Rolamentos


MODELO DE PARCERIA ICT-EMPRESA PARA DESENVOLVIMENTO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA: ESTUDO DE CASO DO IPT EM PROJETO COM FINANCIAMENTO EMBRAPII

Gabrielle Branco Fabri

Orientador: Flavia Gutierrez Motta
Co-orientador: Danilo Tavares da Silva

O termo transferência de tecnologia busca caracterizar o processo de repasse do conhecimento de um agente para o outro, não apenas em contrato de compra-venda, mas também através de estrutura de construção coletiva de tecnologia. O Brasil apresenta falhas na transformação do conhecimento científico em geração de tecnologia e riqueza pelas empresas. A conexão entre ciência e produção não tem ocorrido, e mesmo quando esse vínculo ocorre, os resultados finais obtidos nem sempre são satisfatórios em termos de impacto econômico. Este estudo teve por objetivo avaliar os resultados gerados por arranjos de cooperação público-privado, em que o esforço está direcionado para a construção e transferência de novas tecnologias. O estudo discorre as parcerias realizadas pelo Instituto de Pesquisa Tecnológicas do Estado de SP (IPT) e empresas dentro do projeto piloto de fomento Embrapii. Este trabalho apresenta um novo método para avaliar a eficácia da transferência de tecnologia. O método engloba o modelo de eficácia contingente de transferência de tecnologia de Bozeman (2014), e mais duas variáveis: o processo de interação entre emissor e receptor e o nível de maturidade de um projeto (TRL). A análise revelou que hipótese de interação emissor-receptor teve impactos positivos para a cooperação. Essa ligação se mostra forte e essencial para diversos benefícios do modelo de transferência de tecnologia entre instituto de pesquisa e empresa. O estudo evidenciou que os projetos desenvolvidos foram capazes de elevar o nível de maturidade da tecnologia desenvolvida, porém não foram capazes de gerar novas tecnologias para serem aplicadas imediatamente no mercado, pelo menos não até o momento da avaliação realizada por essa pesquisa.

Palavras-chave: Transferência de tecnologia; Interação universidade-empresa; Parcerias público-privadas


AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA CARNE BOVINA ATRAVÉS DE VISÃO COMPUTACIONAL

Leandro Martins Pereira

Orientador: Ricardo Gaspar
Co-orientador: Rômulo Gonçalves Lins

No Brasil, verifica-se uma demanda crescente por carnes e produtos cárneos onde somente no segundo trimestre de 2016 foram abatidos mais de 7,5 milhões de cabeças de gado, as carnes e os produtos cárneos são considerados muito perecíveis e tem a proliferação microbiana como principal fator limitante ao seu tempo de prateleira. Neste contexto aplicações tecnológicas como sistemas baseados em visão computacional vêm ganhando crescente adesão. Tais sistemas se baseiam no processamento de imagens por computadores para a avaliação de aspectos da qualidade de alimentos. O presente trabalho teve como objetivo estabelecer correlação entre a coloração da carne bovina fresca (Longissimus dorsi) e sua carga microbiológica e propor um sistema de avaliação de qualidade da carne bovina fresca baseado em visão computacional. Para que isso fosse possível foram realizadas avaliações instrumentais da coloração da carne bovina fresca e contagens de micro-organismos mesófilos e psicrotróficos ao longo de seu tempo de prateleira. Como resultado encontrou-se uma correlação negativa de intensidade média entre a variação da intensidade do componente vermelho do espectro de cor da carne e a sua contagem de micro-organismos psicotróficos.

Palavras-chave: Carne bovina; Visão computacional; Microbiologia de alimentos


A INTER-RELAÇÃO ENTRE MODELO DE NEGÓCIO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA: LIÇÕES DO PROJETO DA AERONAVE BIÔNICA

Renata Garcia Luckmann

Orientador: Luciana Pereira
Co-orientador: Ricardo Gaspar

Avanços constantes da tecnologia para o fortalecimento da manufatura digital obrigam empresas a procurarem novos meios para se manterem eficientes e competitivas. Nesse contexto, não há apenas a busca por novas tecnologias, mas também por novas formas de combiná-las e criar novas propostas de geração de valor em suas cadeias produtivas e, consequentemente, impactar positivamente os modelos de negócios utilizados pelas empresas que usufruem dessas combinações. Assim, este trabalho visa analisar como a aplicação combinada da manufatura aditiva e do design biônico pode gerar uma nova oportunidade de negócio, dada a sua capacidade de gerar valor numa cadeia produtiva. Para tanto, foi estudado o Projeto da Aeronave Biônica, utilizando como ferramenta metodológica o modelo de negócios Canvas, buscando avaliar a proposição de valor obtido pela combinação do design biônico e da manufatura aditiva. Essa análise permitiu a identificação das principais características originadas dessa combinação, as quais serviram de base para a construção de uma estrutura que ilustra como as grandes etapas desse novo modelo de negócio estão inter-relacionadas.


DESENVOLVIMENTO DE ELEMENTOS AERODINÂMICOS PARA VEÍCULOS DE COMPETIÇÃO TIPO BAJA SAE

Rodrigo Cezar Primon Savazzi

Orientador: Rovilson Maflada
Co-orientador: Christian Ragaello Baldo

Presente em vários países, a competição Baja SAE se consolidou como uma importante oportunidade dos estudantes de engenharia de colocar em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula e desenvolver novas habilidades. Apesar disso, após vinte e três edições no Brasil, o cenário atual da competição é de utilização quase exclusiva de soluções de projeto consagradas, grande semelhança entre os veículos, acirramento da disputa e carência de soluções inovadoras. Neste trabalho propõe-se uma abordagem focada na aerodinâmica como uma forma de se buscar uma vantagem competitiva no atual cenário da competição, através da elaboração e disponibilização de um pacote composto de carenagens aerodinâmicas aplicáveis em um veículo tipo Baja SAE típico. Adicionalmente, o impacto da adoção destas peças na velocidade máxima do veículo é avaliado através de análise de dinâmica dos fluidos computacional (do inglês CFD – Computational Fluid Dynamics). De acordo com as estimativas realizadas neste trabalho, a adoção de um pacote aerodinâmico como o proposto seria capaz de reduzir o arrasto aerodinâmico do veículo em 20,45% e aumentar a sua velocidade máxima em 7,92%.

Palavras-chave: Baja SAE; aerodinâmica; dinâmica dos fluidos computacional


MEDINDO OS IMPACTOS DA UTILIZAÇÃO DO PROCESSAMENTO DE BANCO DE DADOS EM PROCESSOS DE INOVAÇÃO

Vinícius Tasca Faria

Orientador: Alexandre Acácio de Andrade
Co-orientador: Júlio Francisco Blumeti Facó

Toda atividade produtiva gera algum tipo de dado. Ela pode estar bem estruturado ou não, existir em papel ou digitalmente, mas invariavelmente algum tipo de informação está presente em algum grau em qualquer empreendimento humano. Empresas, muitas vezes, utilizam dados de suas atividades para beneficio próprio, mas não é difícil encontrar exemplos de subutilização de informações que poderiam ser extremamente valiosas para elas. A maioria das empresas, incluindo as de grande porte, não estão preparadas para lidar como uma grande quantidade de dados e acabam utilizando ferramentas estatísticas tradicionais e ignoram que aquela grande massa de dados poderia ter as informações necessárias para mudar o rumo da empresa em si. Muitas ferramentas da tecnologia da informação poderiam ser utilizadas de maneira a transformar dados brutos em informações valiosas, como a mineração de dados, utilização de big data, aprendizagem de máquina, entre outros. Esse processo de refinamento de dados pode levar a inovações úteis, gerando vantagem competitiva para as empresas. Essa informação foi confirmada por meio de estudos de caso de empresas que conseguiram algum tipo de vantagem com o processamento de dados. Nesse trabalho, esses casos são apresentados e comparados por meio de uma metodologia comparativa, levando em conta o tipo de processamento, o grau de inovação e nível de crescimento de cada um dos casos. Para este fim, foi criada uma metodologia utilizando dois rankings, sendo um do nível de complexidade do tipo de processamento de dados que cada empresa usou e a outra do nível de inovação, com base em três métricas diferentes (medidas tradicionais, dez tipos de inovação e classificação como empresa inovadora). Esses rankings levaram a uma melhor compreensão sobre como o processamento de dados tem um papel crucial na criação de inovação para as empresas estudadas e seu crescimento durante o período estudado.

Palavras-chave: Banco de Dados; Inovação; Tecnologia da Informação; Mineração de Dados; Big Data


SOFISTICAÇÃO NA INDÚSTRIA BRASILEIRA DE BRINQUEDOS PARA INSERÇÃO NAS CADEIAS GLOBAIS DE VALOR

Waldir Ventura Filho

Orientador: Cristina Fróes de Borja Reis

As brincadeiras fazem parte da vida das pessoas, principalmente quando crianças, seja nas escolas auxiliando no aprendizado, seja em casa nos momentos de lazer e descontração, auxiliando muito no desenvolvimento de criatividade. O brinquedo é, basicamente, o objeto que diverte a criança; o suporte da brincadeira desenvolvida. Sua produção há muito deixou de ser apenas artesanal e atualmente resulta de uma complexa gama de atividades articuladas em cadeias de valor globalizadas. Assim sendo, os objetivos desta pesquisa foram mapear as cadeias globais da indústria de brinquedos e investigar a inserção do Brasil nessas cadeias, tanto da indústria de brinquedos físicos, quanto digitais. Adicionalmente, buscou-se apresentar vias de sofisticação, de modo a melhorar a inserção do Brasil nas cadeias globais de valor de brinquedos. A metodologia tem natureza descritiva, contando com revisão bibliográfica e análise de dados quantitativos e qualitativos a partir do modelo estrutura-conduta-desempenho da Economia Industrial, aplicados no estudo de caso do setor de brinquedos – definido conforme a International Standard Industrial Classification. Concluiu-se que o Brasil é mais um mercado importador de brinquedos tradicionais, do que produtor. Um dos caminhos para sofisticar sua participação nas cadeias seria através da indústria de jogos digitais, na qual o país já possui vantagens comparativas, atuando em atividades de maior valor adicionado. Atuar no nicho de jogos digitais tem, ainda, o benefício adicional de aplicar ferramentas tecnológicas e estimular inovações que promovam transformação nas tecnologias de informação e comunicação.

Palavras-chave: Cadeias Globais de Valor; Indústria de Brinquedos; Jogos Digitais